Experiências

Depois de três anos casada meu marido saiu do armário

Garotas divorciadas 783629

Segundo a psicóloga, Denise Miranda de Figueiredo, fundadora do Instituto do Casal, a proximidade da terceira idade leva a pessoa a fazer um balanço de sua vida e pensar sobre o que fez, deixou de fazer e o que ainda gostaria de realizar. Tentei diversas alterativas antes. Eu estava decidida, conta. Tive o suporte de uma terapeuta e agora sinto a liberdade de ser eu mesma.

Algo dentro de mim dizia que lá descobriria o que o fez se afastar de mim e da nossa família. Fiquei chocada! Constatei que ele havia me traído com um cariz e que, inclusive, os dois tinham viajado juntos para praia. Ainda teve a cara de pau de significar que podíamos manter o nosso casório, mas que continuaria saindo com outros homens. Fiquei em estado de embate. Passei dias sem comer nem tomar banho. Paralisada em frente à TV assistindo àqueles programas evangélicos, na esperança de que tudo aquilo fosse um pesadelo.

Levantamentos mostram que as mulheres continuam subindo ao altar, e muito. Fazem isso sem os medos do passado e, em geral, se casam de segundo — e de novo se preciso for. Entre os casamentos que acontecem hoje no Brasil, a maioria exatamente é o de estreia, o primo de ambos os noivos. Por isso, quanto mais cedo se arrumasse um marido, mais tranquilos ficavam os pais.

Depois de três anos separados, ele voltou a me procurar e começamos a sair e a namorar. Exatamente dez anos depois do primeiro casamento, nos casamos novamente: eu, toda de lácteo, e com as minhas filhas de testemunhas. E deu para fazer fotografia, festa, tudo o que a pessoal tinha direito. Acho que o que fez a diferença, mesmo, foi o tempo, que permitiu que a pessoal crescesse, inclusive profissionalmente.

Leave a Reply